Festival da "canção"??

Serei eu o único Português que não sabia que era ontem a semifinal do Festival da Eurovisão da Canção?!? Pior, não conhecia nem a música nem o grupo que representa Portugal...


Quando reparei que estava a dar o Telejornal, primeiro pensei "EH LÁ! Já é tão tarde! Já se notam os dias maiores, etc., etc.". Depois vi as horas e pensei "Hoje deve dar algum jogo de futebol..."


Eu sei que vejo pouca televisão (normalmente só a 2: e um ou outro filme), mas não me lembro de ter visto qualquer anúncio ao Festival. O que se passou?

E o que é feito do Eládio Clímaco? Já não é a mesma coisa sem ele...


Comecei a ver, parti a moca a rir com o sotaque dos apresentadores russos (pensava que só nos filmes é que os russos falavam assim...), mas quando começaram as "músicas" tive que mudar de canal. É que estava a jantar um franguinho com sopa de cebola que me estava a saber muito bem e temia que me parasse a digestão...


Os Checos a tentarem imitar o espanhol Rodolfo Chikilicuatre, as arménias que pareciam vindas directamente do filme Borat, o bielorrusso que parecia vindo directamente dos anos 70, a sueca a cantar ópera, que me fez repensar a minha panca por suecas... Tive que mudar de canal! Até porque estava a dar a Canção dos Patinhos que eu gosto muito.


Mas uma coisa eu reparei nos interpretes que vi: os decotes. Eram grandes decotes, excepto no Checo, felizmente. Pelo que vi hoje, a "nossa" Daniela não levou um decote... Acho que não se vai safar...


O que aconteceu ao Festival em que todos torcíamos por Portugal (sem bandeiras nas janelas), dizíamos mal de Espanha e, no fim, desculpávamos os resultados da "nossa" música com "Isto é só política"?


Os tempos mudaram e muito. Só não sei se foi para melhor...

 

 

sinto-me: cáustico
publicado por Tenrinho às 08:09
link do post